quinta-feira, 15 de março de 2012

Num dia de chuva.

 

Não sei se será da luz cinzenta, se dos relâmpagos ou dos trovões. Não sei… Só sei que num dia de chuva como o de hoje já cometi três pecados! Sorriso rasgado Sim três! Um: há mais de um mês que não comia chocolate, hoje praticamente engoli duas fatias de salame. Que bem que souberam! Dois: falei mal dos espécimes masculino (só tu é que leste, madrinha)… Três: sublinhei um livro da biblioteca…

« (…) nasce em mim um certo egoísmo, um determinado interesse pela minha própria pessoa. Não sei se estou a ficar solipsista ou narcisista. (…) Eu sinto que sou alguém, que sou  uma força, uma necessidade… e que, por deliciosa ironia, estou plantado num deserto, investindo de uma missão absolutamente fútil e ridícula.»

Henry Miller, in Cartas a Anais Nin

Post scriptum – Se considerarmos cada fatia de salame um pecado, contam-se quatro pecados para um dia só! Oooops!

2 comentários: